Treine com Alegria

Certa vez vi um post no facebook que dizia algo assim: “treine com alegria!”. Desde que iniciei o aikido, sempre me senti bem dentro do tatame, e acho que involuntariamente pratico sorrindo, mas por diversas vezes no inicio da minha caminhada sempre me pediam para que eu ficasse com o semblante sereno, sem demonstrar emoção. Isso era sempre um desafio pra mim e acho que sempre será.
Contudo treinar sorrindo não significa que o praticante seja displicente, apenas significa que está curtindo a pratica e o estudo ali proposto.

Para mim o aikido tem algo especial, talvez por não haver competições, você acaba ficando mais relaxado consigo e seu objetivo não é superar outra pessoa, apenas suas próprias dificuldades. Sempre acreditei que isso era algo pessoal, da minha personalidade, mas esse ano, ao realizar dois eventos de aikido aqui em Palhoça/SC, eu senti algo muito mais intenso, senti a energia de outras pessoas fazendo algo que gostam, vi o tatame cheio e as pessoas curtindo, sorrindo, se divertindo com a prática, e confesso, foi um baita prazer perceber isso. Imagino que essa sensação seja sentida por todos que organizam seus eventos, mas para mim aqui no Shugyo Dojo Palhoça foi algo potencializado, e acredito que não só para mim (Osmair), mas para todos que fazem parte desse grupo, pois percebo que saímos de cada evento revigorados e motivados a querer treinar mais e mais.

Mas além desse bem-estar implícito, tem algo a mais que acontece com os praticantes. Muitas vezes, desconhecidos que nunca se cruzaram no tatame por ser de escolas ou cidades diferentes, tem a oportunidade de se conhecer e trocar experiências, seja sobre treino, sobre suas profissões, e até mesmo sobre a vida, transformando esse encontro em algo muito mais especial, numa amizade.

O fundador do aikido certa vez expressou – “A arte que nos une.” – e realmente, é o que vejo no tatame. É graças ao aikido, uma arte marcial que prega a defesa e superar o ego, que é possível unir pessoas diferentes e únicas, transformando essa reunião em amizades.

Para ilustrar o que escrevi, separei algumas fotos que traduzem essa alegria de estar no tatame, e claro, o fortalecimento ou nascimento de possíveis amizades.

 

Deixe uma resposta